Linguiça do Churrasco: Smoked & Co

Linguiça do Churrasco: Smoked & Co

Buenas tchê, o texto abaixo trata de um dos maiores tabus para um churrasqueiro: a linguiça do churrasco. E já vamos avisando que aqui na Dame Dos evitamos ao máximo trabalhar com o salsichão. Vamos falar de linguiça! E, ninguém melhor do que nosso parceiro Antônio da Smoked & Co. para esclarecer dúvidas recorrentes sobre as qualidades desse produto e de como ela pode ser um acompanhamento de destaque do assado. Confere aí!

Antônio Faria Vieira é sócio proprietário e fundador da Smoked & Co, charcutaria artesanal parceira da Dame Dos Assados.

Dame Dos: Inicialmente gostaríamos de saber como surgiu a Smoked & Co.

Antônio: A Smoked&Co surgiu de uma paixão minha por gastronomia e, principalmente, churrasco. Sempre fui o assador nos eventos que participava, desde a época de colégio. Depois de muitos anos trabalhando em bancos resolvi fazer um curso para aprender a fazer linguiças. E descobri um mundo chamado charcutaria! Comecei a fazer linguiças e vender para os colegas de banco. Em 2017 comecei a me dedicar exclusivamente à produção de charcutaria artesanal.

Dame Dos: Charcutaria? Explica pra gente o que significa isso.

Antônio: Charcutaria é um mundo. Mas para tentar resumir, vamos falar da origem da palavra: vem do francês e significa carne (chair) cozida (cuit). São técnicas de conservação de carne, não só de porco e incluem a cura, defumação, salga, maturação e outros.

Dame Dos: Quais as principais diferenças de uma linguiça artesanal para uma linguiça industrializada?

Antônio: A linguiça industrial surgiu como aproveitamento da carne e por isso barateou o custo (principalmente o salsichão). Os churrasqueiros usam esse produto para “encher” as pessoas com carne mais barata e por isso virou um subproduto no churrasco. A linguiça artesanal de qualidade veio para tornar a experiência do churrasco mais completa e servir como uma boa entrada de um bom churrasco. Assim como em um bom restaurante, a entrada é tão importante quanto o principal e a sobremesa. Ainda assim, com o preço da carne de churrasco hoje, uma boa linguiça artesanal se torna uma alternativa mais viável para se servir algo diferenciado, sem prejudicar o restante do churrasco.

Dame Dos: Quais as principais diferenças de uma linguiça artesanal para uma linguiça industrializada?

Antônio: A escolha dos ingredientes e os processos. Para se fazer uma boa linguiça artesanal, deve-se usar carne selecionada, limpá-la bem, decidir a melhor moagem e processá-la com cuidado. Cada peça é feita manualmente, utilizamos apenas carne, gordura e temperos. Não usamos aditivos químicos, CMS (carne mecanicamente separada), e vendemos diretamente ao consumidor, o que garante sempre um produto bem fresco.

Dame Dos: Qual o significado da parceria com Dame Dos?

Antônio: Nossa parceria com a Dame Dos vem para firmar esse compromisso de servir carne de qualidade, bem assada e agregando valor ao churrasco. Para mostrar que linguiça tem carne de verdade e deve acompanhar todo o bom churrasco.

 

Valeu Antônio pelas dicas!  Que a nossa parceira siga em busca do nosso maior propósito: assar o melhor churrasco das suas vidas!

Se você tiver alguma dúvida ou quiser saber mais do trabalho da Smoked & Co. acompanhe o instagram @smokedandco e entre em contato.

 

 

Entre em contato conosco também!

 

Sem Comentários

Poste um Comentário